Caesb ganha prêmio do BID por gestão

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) conquistou nesta segunda-feira (16), o prêmio “Del Água, América Latina Y El Caribe”, na categoria gestão em saneamento, pela despoluição do Lago Paranoá.

O anúncio da premiação foi feito pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a FEMSA, empresa de Fomento Econômico Mexicana, entidades patrocinadoras do evento. Anteriormente, a Caesb já havia sido escolhida como a melhor do Brasil, pelo BID/FEMSA, entre as 24 empresas de saneamento estaduais.

Esta é a primeira edição do “Prêmio Água e Saneamento”, instituído pelo BID/FEMSA, e foi entregue ao presidente da Caesb, Fernando Leite, na cidade do México, durante o 1º Congresso de Desenvolvimento Internacional da Água, que está sendo realizado até quinta-feira na capital mexicana.

O presidente do BID, Luis Alberto Moreno, fez a entrega do prêmio. A Caesb foi escolhida pelos excelentes serviços oferecidos e índices de saneamento. Como parte da premiação, o Banco Mundial financiará bolsas de capacitação profissional e cursos de especialização para os técnicos da Caesb. A empresa de saneamento do DF disputou a final com uma empresa uruguaia.

40 ANOS
Neste ano, a Caesb completou 40 anos serviços à comunidade do Distrito Federal. Hoje, a empresa tem no Distrito Federal 7 milhões de metros de redes que distribuem água tratada. A empresa produz por dia, 604,8 milhões de litros de água tratada. A água tratada passa por aproximadamente 40 mil análises de qualidade a cada mês nas saídas das estações de tratamento de água e nas redes de distribuição. Mais de 2,4 milhões de pessoas recebem água tratada, representando 99,47% da população, em mais de 550 mil ligações e 800 mil economias.

No DF, quase vinte mil pessoas são beneficiadas com a tarifa solidariedade, que isenta de pagamento àquelas famílias carentes cadastradas nos programas sociais do governo. Cerca de 400 condomínios verticais têm ligação de água individualizada e o índice de hidrometração é de quase 100%.

Cinco milhões de metros de redes de esgotos se estendem pelas quadras, superquadras e avenidas nas nossas cidades. Todo o esgoto coletado é tratado. Mensalmente, nas 17 estações de tratamento de esgotos, são realizadas cerca de quatro mil análises do esgoto coletado.

Com os investimentos que serão feitos pelo governo do Distrito Federal, em saneamento, até 2010, conquistaremos a universalização da oferta de água tratada, coleta e tratamento de esgotos. Esta será uma realidade, dentro em breve, nos lares de cada brasiliense. Atualmente, os índices de saneamento do DF são os melhores de todo o País e os índices de perdas os menores.

(Fonte: Caesb)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s