Reciclagem de vidros

Da próxima vez que você for jogar uma garrafa de vidro fora, no lixo comum, pare e pense que aquele produto permanecerá por tempo indefinido na natureza. Uma simples ação pode dar um novo rumo e colocá-lo de volta em circulação. A reciclagem e o reuso do vidro – um material não biodegradável, 100% reciclável e que pode ser utilizado infinitamente, sem perda de qualidade ou da pureza do produto.

Feito basicamente de areia, calcário, barrilha, alumina e corantes ou descorantes, o vidro é um produto natural vastamente aplicado em nosso dia a dia devido a propriedades como transparência, dureza, impermeabilidade, baixa condutividade térmica e durabilidade. Além disso, o vidro não reage quimicamente com outras substâncias, o que lhe permite ser usado para armazenar alimentos sem que eles sofram alteração de sabor, odor, cor ou qualidade.

Outra vantagem torna o material bem atrativo: pode voltar à produção de novas embalagens e produtos, substituindo totalmente o material virgem sem perda alguma de qualidade. Dessa forma, um quilo de vidro pode produzir outro um quilo de vidro, com perda zero e sem poluição para o meio ambiente. Não é fantástico?

A cada 10% de caco de vidro utilizado na mistura, economiza-se 4% da energia necessária para a fusão nos fornos industriais e reduz 9,5% do consumo de água. Por isso a importância de separar garrafas, frascos e potes em geral, como cosméticos, alimentos, bebidas e outros produtos, e depositá-los nos coletores específicos para vidro (identificados com a cor verde), de preferência, separá-los de acordo com a cor: incolor, verde e marrom/âmbar.

Depois do uso, porém, o vidro pode ser reutilizado ou reciclado indefinidamente. A reutilização é mais simples e preferível, já que evita que novas matérias-primas, água e energia sejam consumidas para fabricar outros produtos. Muitos países estimulam a prática entre seus habitantes e chegam a retornar quase 100% de suas garrafas. É o caso da Dinamarca, que reutiliza 98% de suas garrafas de vidro. 

Já no caso da reciclagem, os recipientes de vidro precisam ser separados, quebrados e estocados em tambores, onde são submetidos a um eletroímã para separação dos metais contaminantes. Depois, esse material é lavado e segue para uma esteira ou mesa destinada à catação de impurezas, como restos de metais, pedras, plásticos e vidros indesejáveis que não tenham sido retidos nas etapas anteriores.

Faça você mesmo!

Com um pouco de criatividade, você pode criar itens de decoração com garrafas de vidro. Uma forma de reutilizá-las é customizando. Da decoupage, pintura ou colagem, lindos vasos de flores podem surgir, pesos de papeis, porta-recados e vários outros objetos úteis e lindos!

(Fonte: EcoD, com alterações)

Anúncios

Uma consideração sobre “Reciclagem de vidros”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s