Torcedor Sustentável

O Cultura Ambiental está em ritmo de Copa do Mundo. Todo mundo vestindo as cores verde e amarela e comemorando a classificação do Brasil para as oitavas de final.

Só se fala nisso em todo o país. Também, não é para menos, com uma copa onde tanta zebra anda rondando, o assunto não poderia mesmo ser outro…

Mas você sabia que pode aproveitar a Copa de maneira sustentável, sem agredir o planeta? Que tal ser mais “verde” quando torcer pela Seleção? Pequenas mudanças de atitude têm grandes resultados. Conheça nossas dicas para uma torcida mais sustentável:

Assista aos jogos com os amigos: Nada de ver os jogos cada um na sua casa, com uma televisão ligada por pessoa. Junte os amigos e assistam todos juntos, economizando energia.

Bebidas? Só se for de garrafa! Prefira bebidas em garrafas retornáveis, que são as mais ecológicas. Tente usar também copos de vidro, laváveis, ao invés dos de plástico. Caso você opte por usar bebidas em lata, lembre de separar em um saco de lixo e mandar para a reciclagem.

Organize caronas para os jogos e para as festas de comemoração. Ao invés de cada um ir em seu próprio carro, proponha um esquema de caronas. Além de ser mais divertido, a redução no número de carros circulando faz bem para o meio ambiente. E isso é muito importante, especialmente depois de vermos tanta confusão no trânsito em dias de jogos, já que todo mundo vai de carro, esperando chegar em casa primeiro. Mas o que se consegue com isso são apenas quilômetros e quilômetros de engarrafamento…

Vamos seguir o exemplo da nossa seleção canarinho? Acho que todo mundo já sabe que a camisa que a seleção brasileira de futebol usa na Copa do Mundo de 2010 é sustentável, já que é fabricada com material reciclável (resíduos de garrafa Pet).

Vale lembrar que a África do Sul está num estágio intermediário de adoção dos padrões verdes para uma copa. A expectativa é de que o Brasil seja o primeiro país a aplicar mudanças em larga escala, para a Copa de 2014. A transformação começa pelos estádios. Em 2006, algumas arenas reciclaram o lixo e captaram água da chuva para reuso.

O novo estádio Vivaldo Lima, em Manaus, por exemplo, prevê o uso de bioetanol e energia geotérmica para gerar eletricidade. Já o Beira-Rio, em Porto Alegre, terá um programa para compostagem do gramado, usando a grama cortada para adubar campos de treinamento do Inter. No Fonte Nova, em Salvador, haverá um sistema para repelir o calor e evitar grandes gastos com refrigeração. Ele é projetado para receber ventilação natural externa e dar menos trabalho ao ar-condicionado.

Torcedor, não seja sujismundo. Seja consciente e não suje os estádios, as ruas. Jogue o lixo no lixo, não faça xixi em qualquer lugar, emporcalhando as ruas e monumentos.

Veja aqui como fazer um pompom com sacolas plásticas, transformar camisetas que você já tem no armário com aplicações e costuras e enfeitar chinelos para torcer pela seleção.

Então, torcedor, já sabe: procure ao máximo ações sustentáveis, reusos, reciclagens e deixar tudo limpo ao seu redor quando acabar os jogos. Assim, o Brasil conquista a copa e você conquista o título de torcedor sustentável e ajuda o meio ambiente! 

Fonte: ecoblogs / planeta sustentavel / mundo sustentavel / customizando.net

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s