Arquivo da categoria: Datas Comemorativas

Sete bilhões de sonhos. Um planeta. Consuma com cuidado.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é o principal veículo das Nações Unidas para incentivar a consciência mundial e ação para o meio ambiente. Ao longo dos anos, ele tem crescido como uma plataforma global para a sensibilização do público, em mais de 100 países. Também é o dia em que as pessoas podem fazer algo positivo para o meio ambiente, para que as ações individuais se conectem ao coletivo gerando um impacto positivo no planeta.

O tema do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano (5 de junho) é “Sete bilhões de sonhos. Um planeta. Consuma com cuidado.” O bem-estar da humanidade, o meio ambiente e o funcionamento da economia dependem da gestão responsável dos recursos naturais do planeta. Mas as pessoas estão consumindo recursos naturais muito mais rápido do que o planeta pode fornecer de forma sustentável.

wed2015_sloganMuitos dos ecossistemas da Terra estão se aproximando de pontos de inflexão críticos de esgotamento ou mudança irreversível, impulsionados pelo alto crescimento populacional e desenvolvimento econômico. Em 2050, se consumo e produção atuais permanecerem os mesmos, a população deverá ultrapassar nove bilhões e meio de pessoas!  Nesse ritmo, precisaremos de três planetas para sustentar os nossos modos de vida e de consumo.

Cada ação conta – o Dia Mundial do Meio Ambiente é a oportunidade para que todos possam perceber a responsabilidade de cuidar da terra e tornarem-se agentes de mudança.

E você, commeio-ambienteo vai fazer sua voz ser ouvida este ano para o meio ambiente? Partilhe a sua atividade com o resto do mundo, para que possamos continuar a inspirar os outros!

Acesse a página do World Enviroment Day e participe das ações globais para a data.

 

Anúncios

Dia Mundial do Meio Ambiente – Aumente sua voz, não o nível do mar

Celebrado no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano terá o foco voltado para a mudança climática, com o tema “Aumente sua voz, não o nível do mar”, com base na designação da Organização das Nações Unidas de 2014 como o Ano Internacional dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento. O Dia Mundial do Ambiente foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas de 15 de dezembro de 1972 na Conferência de Estocolmo (Suécia), cujo tema central foi o Ambiente Humano.

nivel-do-mar-05

A sede das celebrações globais da data neste ano será a ilha caribenha de Barbados, por conta do investimento em projetos contra a mudança do clima. Barbados incluiu a Economia Verde dentre os seis objetivos concretos de seu Plano Estratégico Nacional (2006-2025) e se comprometeu a aumentar sua quota de energia renovável para 29% de todo o consumo de energia da ilha até 2029. Isso cortaria cerca de 283.5 milhões de dólares do custo total de eletricidade e reduziria as emissões de CO2 em 4.5 milhões de toneladas, de acordo com o governo. O setor turístico de Barbados, que contribui com mais de 15% do PIB do país, e sua indústria de açúcar, que contribui com aproximadamente 2%, serão severamente afetados pela mudança do clima. Continuar lendo Dia Mundial do Meio Ambiente – Aumente sua voz, não o nível do mar

Dia Mundial da Biodiversidade e a proteção da fauna brasileira

As Nações Unidas (ONU), comemoram, neste 22 de maio, o Dia Internacional da Biodiversidade, que tem como tema a proteção da fauna brasileira. A data foi instituída em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar as pessoas sobre a necessidade de se conservar e proteger a diversidade de vida no planeta. Nesta data, foi aprovado o texto final da Convenção da Diversidade Biológica (CDB), assinado dias depois pelo Brasil e vários outros países durante a Rio-92, Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida também como Eco-92 ou Cúpula da Terra.

biodiversidade

Atualmente, existem no Brasil mais de 120 mil espécies de animais e 40 mil de plantas. Entre os vertebrados, são 713 espécies de mamíferos, 1.900 de aves, 738 de répteis, 934 de anfíbios, 4.774 de peixes e outras 100 mil de animais invertebrados e o ICMBio é o órgão do Governo Federal responsável por cuidar da biodiversidade no Brasil.

Continuar lendo Dia Mundial da Biodiversidade e a proteção da fauna brasileira

22 de Abril – Dia da Terra

Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos e, esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta.
terra-dia-22-04-20091

 

O Dia da Terra, 22 de abril, é uma data festiva comemorada em muitos países do mundo. A data foi criada nos Estados Unidos por Gaylord Nelson, senador e ativista ambiental. Além de criar a data, o senador lutou pela divulgação e promoção dos objetivos desta data.

A data foi criada com o propósito de abrir discussões em todo mundo sobre a importância da preservação dos recursos naturais do planeta Terra. Além disso, tinha como objetivo criar uma consciência mundial sobre os problemas da contaminação, destruição da biodiversidade, uso não sustentável dos recursos naturais, desmatamentos e outros problemas que ameaçam a vida em nosso planeta.

A primeira manifestação aconteceu nos Estados Unidos em 22 de abril de 1970. Participaram milhares de pessoas, principalmente estudantes de universidades e escolas. A pressão sobre o governo norte-americano foi grande e este criou a Agência de Proteção Ambiental.

Veja algumas frases interessantes sobre a terra, preservação e meio ambiente que compilamos aqui para vocês.

dia da terra

“No mistério do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.”
Cecília Meireles

“O maior desafio tanto no nosso século quanto nos próximos é salvar o planeta da destruição. Isso vai exigir uma mudança nos próprios fundamentos da civilização moderna – o relacionamento dos seres humanos com a natureza.”
Mikhail Gorbachev

“Não temo nossa extinção. O que realmente temo e receio
é que o ser humano arruine o planeta antes da sua partida.”
Loren Eiseley

“O laço essencial que nos une é que todos habitamos este pequeno planeta. Todos respiramos o mesmo ar. Todos nos preocupamos com o futuro dos nossos filhos. E todos somos mortais.”
John Kennedy

“Terra! Terra!
Por mais distante
O errante navegante
Quem jamais te esqueceria?…”
Caetano Veloso

 

 

 

Dia do Índio – 19 de Abril. Temos o que comemorar?

Temos o que comemorar?

Índios_Iauanauás

A população indígena brasileira está sofrendo com conflitos de terras em todo o país. Houve um retrocesso à proteção das terras indígenas, especialmente na Amazônia. Conflitos graves, com violência, inclusive.

O processo de demarcação de terras indígenas não é simples, nem rápido. Primeiro ele tem que ser declarado pela Justiça e depois homologado pelo Congresso Nacional, tendo em vista que é um direito Constitucional.

Diversos estudos realizados por vários centros de pesquisa mostram que onde há terras indígenas e unidades de proteção, o desmatamento é bastante reduzido. No Governo Dilma, o processo de demarcação e homologação de terras indígenas foi paralisado.  Foi o governo que menos demarcou e homologou terras indígenas, especialmente por conta dos projetos de infraestutura. No Congresso Nacional há alguns projetos que ameaçam as terras indígenas, projetos que reduzem áreas, tanto de terras indígenas quanto de Unidades de Conservação. Há ainda uma perigosa Proposta de Emenda Constitucional, a PEC 215, que transfere para o Congresso Nacional a competência de demarcar terras indígenas, quilombolas e unidades de conservação.

Essa proposta não atende o interesse nem dos indígenas, nem dos grupos afrodescendentes ou ambientais desse país. O Congresso é vulnerável à forças políticas e econômicas, sem falar nos interesses pessoais, velados ou escancarados.

imagens: wikipedia, bol, o globo, internet.

Hora do Planeta 2014 – O que é e resultados

banner_300x300_animado

 

E você, aderiu à Hora do Planeta 2014?

Veja aqui e aqui galerias com as fotos de grandes monumentos e lugares interessantes que participaram.

A Hora do Planeta é um movimento global que une as pessoas para proteger o planeta. No final de março de cada ano, a Hora do Planeta reúne comunidades de todo o mundo que celebram um compromisso com o planeta, desligando luzes por uma hora designada.

Qual a importância disso?

A Hora do Planeta tem como objetivo incentivar uma comunidade global interconectada para compartilhar as oportunidades e os desafios da criação de um mundo sustentável. A Hora do Planeta incentiva pessoas, empresas e governos para mostrar liderança em soluções ambientais através de suas ações, usando a Hora do Planeta como uma plataforma para mostrar ao mundo o que eles estão tomando medidas para reduzir seu impacto ambiental. A Hora do Planeta pede a todos para terem responsabilidade pessoal por seu impacto sobre o planeta e fazer mudanças comportamentais para facilitar um estilo de vida sustentável. Dar o primeiro passo é tão fácil como desligar as luzes. Desligando suas luzes na Hora do Planeta você está reconhecendo e celebrando o seu compromisso de fazer algo mais para o planeta que vai além da hora.

Saiba mais aqui.

Fonte: WWF

Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014

 

Dia Mundial da Água – 22 de Março

Olá, caros leitores deste blog!

Algumas coisinhas sobre a água, considerando que o Dia Mundial da Água já passou e você quer mesmo é novidade.

  • Para quem quer saber mais sobre a história da data:

A Assembléia Geral das Nações Unidas adotou a resolução A/RES/47/193 de 22 de fevereiro de 1993, instituindo que 22 de março de cada ano seria declarado Dia Mundial das Águas (DMA), para ser observado a partir de 93, de acordo com as recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento contidas no capítulo 18 (sobre recursos hídricos) da Agenda 21. E através da Lei n.º 10.670, de 14 de maio de 2003, o Congresso Nacional Brasileiro instituiu o Dia Nacional da Água na mesma data.

Os Estados foram convidados, como fosse mais apropriado no contexto nacional, a dedicar o Dia a atividades concretas que promovessem a conscientização pública através de publicações e difusão de documentários e a organização de conferências, mesas redondas, seminários e exposições relacionadas à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos e/ou a implementação das recomendações da Agenda 21.

  • Dica bem legal! – Trazemos uma publicação fantástica feita pela ONG WWF sobre o tema. Muito legal, chama-se “Livro das Águas – Cadernos de Educação Ambiental”. Tem uma interatividade show de bola e você descobre várias coisas interessantes. Vale a pena ver e curtir! Clique aqui.

A água é um bem precioso e insubstituível. É um elemento da natureza, um recurso natural. Na natureza podemos encontrar a água em três estados: sólido (gelo), gasoso (vapor) e líquido. Ainda classificando a água ela pode ser: doce, salobra e salgada.

É de domínio público e de vital importância para a existência da própria vida na Terra. A água é um recurso natural que propicia saúde, conforto e riqueza ao homem, por meio de seus incontáveis usos, dos quais se destacam o abastecimento das populações, a irrigação, a produção de energia, o lazer, a navegação.

De acordo com a “Gestão dos Recursos Naturais da Agenda 21, a água pode ainda assumir funções básicas, como:

* Biológica: constituição celular de animais e vegetais.
* Natural: meio de vida e elemento integrante dos ecossistemas.
* Técnica: aproveitada pelo homem através das propriedades hidrostática, hidrodinâmica, termodinâmica entre outros fatores para a produção.
* Simbólica: valores culturais e sociais.

Muito se fala em falta de água e que, num futuro próximo, teremos uma guerra em busca de água potável. O Brasil é um país privilegiado, pois aqui estão 11,6% de toda a água doce do planeta. Aqui também se encontram o maior rio do mundo – o Amazonas – e o maior reservatório de água subterrânea do planeta – o Sistema Aqüífero Guarani.

No entanto, essa água está mal distribuída: 70% das águas doces do Brasil estão na Amazônia, onde vivem apenas 7% da população. Essa distribuição irregular deixa apenas 3% de água para o Nordeste. Essa é a causa do problema de escassez de água verificado em alguns pontos do país. Em Pernambuco existem apenas 1.320 litros de água por ano por habitante e no Distrito Federal essa média é de 1.700 litros, quando o recomendado são 2.000 litros.

Mas, ainda assim, não se chega nem próximo à situação de países como Egito, África do Sul, Síria, Jordânia, Israel, Líbano, Haiti, Turquia, Paquistão, Iraque e Índia, onde os problemas com recursos hídricos já chegam a níveis críticos.  Em todo o mundo, domina uma cultura de desperdício de água, pois ainda se acredita que ela é um recurso natural ilimitado. O que se deve saber é que apesar de haver 1,3 milhão de km\3 livre na Terra, segundo dados do Ministério Público Federal, nem sequer 1% desse total pode ser economicamente utilizado, sendo que 97% dessa água se encontra em áreas subterrâneas, formando os aqüíferos, ainda inacessíveis pelas tecnologias existentes.

Políticas públicas e um melhor gerenciamento dos recursos hídricos em todos os países tornam-se hoje essenciais para a manutenção da qualidade de vida dos povos. Se o problema de escassez já existente em algumas regiões não for resolvido, ele se tornará um entrave à continuidade do desenvolvimento do país, resultando em problemas sociais, de saúde, entre outros.

O país está tomando medidas concretas para impedir esse futuro, entre elas a criação da Agência Nacional de Águas,a sobreposição do rio São Francisco, adoção de técnicas de reuso de água e construção de infra-estrutura de saneamento, já que hoje 90% do esgoto produzido no país é despejado em rios, lagos e mares sem nenhum tratamento.

Segundo a Organização das Nações Unidas – ONU, 50% da taxa de doenças e morte nos países em desenvolvimento ocorrem por falta de água ou pela sua contaminação. Assim sendo, o rápido crescimento da população mundial e a crescente poluição, causado também pela industrialização, torna a água o recurso natural mais estratégico de qualquer país do mundo.

Para cada 1.000 litros de água utilizados, outros 10 mil são poluídos. Segundo a ONU, parece estar cada vez mais difícil se conseguir água para todos, principalmente nos países em desenvolvimento. Dados do International Water Management Institute – IWMI mostram que, no ano de 2025, 1.8 bilhão de pessoas de diversos países deverão viver em absoluta falta de água, o que equivale a mais de 30% da população mundial. Diante dessa constatação, cabe lembrar que a água limpa e acessível se constitui em um elemento indispensável para a vida humana e que, para se tê-la no futuro, é preciso protegê-la para evitar o futuro caótico previsto para a humanidade, quando homens de todos os continentes travarão guerras em busca de um elemento antes tão abundante: a água.

Devido à grande expansão urbanística, a industrialização, a agricultura e a pecuária intensivas e ainda à produção de energia elétrica – que estão estreitamente associadas à elevação do nível de vida e ao crescimento populacional – crescentes quantidades de água passaram a ser exigidas.

As crescentes necessidades de água, a limitação dos recursos hídricos, os conflitos entre alguns usos e os prejuízos causados pelo excesso de água exigem um planejamento bem elaborado pelos órgãos governamentais, estaduais e municipais, visando técnicas de melhor aproveitamento dos recursos hídricos. Além das responsabilidades públicas, cada cidadão tem o direito de usufruir da água mas o dever de preservá-la, utilizando-a de maneira consciente, sem desperdícios, assim dando o valor devido à água.

Seja racional ao usar a água, a fonte não pode secar!

Extraído do Portal Ambiente Brasil (com alterações)

Se você quer algumas dicas boas para economizar água, clique aqui.

Imagem principal: globo.com

SETEMBRO O MÊS DO CERRADO

blog cerrado2

Setembro, é comemorado o Dia Nacional do Cerrado. Presente em 13 estados, com mais de 200 milhões de hectares, o cerrado é a savana mais rica em biodiversidade do mundo. Segunda maior formação vegetal da América do Sul, ocupando um quarto do território brasileiro, é caracterizado por vegetação esparsa com árvores baixas, retorcidas e de casca grossa.

Continuar lendo SETEMBRO O MÊS DO CERRADO

Dia do Gari

Aposto que essa você não sabia! 16 de maio é o dia do Gari. Isso mesmo! Aquele que tem a árdua tarefa de recolher todos os dias o lixo que você joga por aí.

Mas na verdade, os garis surgiram para limpar as sujeiras naturais. Por exemplo, as folhas das árvores, poeiras, pedras, entre outros detritos “descartados” e gerados pela mãe natureza ou pela ação natural do homem. Mas é comum pensarmos que o gari existe para limpar a sujeira que o homem joga no chão…

79076_venancio_gari

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuar lendo Dia do Gari