Arquivo da tag: dia mundial sem carro

Passeio ciclístico em Brasília pelo Dia Mundial sem Carro

Embaixada da Holanda e Rodas da Paz promovem passeio ciclístico em Brasília pelo Dia Mundial sem Carro

Para celebrar o Dia Mundial sem Carro (22/9), a Embaixada da Holanda e a ONG Rodas da Paz realizam o passeio ciclístico Pelotão Laranja, com ciclistas vestindo camisetas laranja, a cor oficial do País.

O percurso do passeio ciclístico parte da Embaixada do Reino dos Países Baixos (Av. das Nações – Qd. 801 -Lote 05), seguirá pelo Eixo Monumental, onde os ciclistas farão um Pit-stop, na tenda “Ano da Holanda no Brasil” que distribuirá água e presentes, e terminará na sede do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), onde acontecerá em seguida o seminário  “Eco-mobilidade: em busca de cidades para as pessoas”, promovido pelo Ministério das Cidades.

A iniciativa pretende aquecer o debate do uso da bicicleta como meio não poluente de transporte e incentivar o uso de formas de locomoção alternativas ao carro, urgente nas grandes cidades. O Distrito Federal possui frota com mais de 1 milhão e 300 mil automóveis e a taxa de ocupação média é muito baixa: cerca de 2,3 ocupantes por carro.

O objetivo da Embaixada é promover o Ano da Holanda no Brasil ajudando as cidades brasileiras na construção de soluções em infraestrutura cicloviária, já que os Países Baixos possuem o reconhecido domínio na fabricação de bicicletas, na engenharia de trânsito e em segurança ciclística e podem contribuir para o debate sobre a expansão do uso da bicicleta nas cidades brasileiras.

Segundo Uirá Lourenço, presidente da Rodas da Paz, a parceria com a Embaixada da Holanda, “traz a cultura ciclista de um país à cena brasileira. É um exemplo de mobilidade saudável e sustentável. Uma lição sobre um modo de vida em que tradicionalmente se priorizou a população e sua qualidade de vida”.

O Distrito Federal é protagonista em questões de trânsito, mas muitas das iniciativas da Semana da Mobilidade estarão acontecendo simultaneamente em outras capitais. O terceiro Desafio Intermodal, por exemplo, conta este ano com a adesão de 17 cidades.

Por aqui, os participantes do Desafio Intermodal sairão do Guará até a Rodoviária do Plano Piloto, no dia 19 – HOJE!, em diferentes meios de locomoção e de transporte. Elas vão de bicicleta, de metrô, caminhando e de automóvel. Depois será feita uma análise técnica do tempo gasto e das vantagens e desvantagens de cada modo de deslocamento, inclusive comparando a performance alcançada com os resultados do ano passado e de 2009.

Com a programação proposta, a ONG Rodas da Paz espera que as autoridades de governo e a população repensem a ocupação e o uso do espaço urbano, percebam  a viabilidade do transporte por bicicleta.  Além de alertar para a necessidade de uma convivência harmônica e de respeito com quem utiliza a bicicleta.

Leia mais e veja a programação completa da semana Continuar lendo Passeio ciclístico em Brasília pelo Dia Mundial sem Carro

Dia Mundial sem Carro – 22 de setembro

E você, vai a pé ou de bicicleta?

car free day

O Dia Mundial Sem Carro é um movimento que começou em algumas cidades da Europa nos últimos anos do século 20, e desde então vem se espalhando pelo mundo, ganhando a cada edição mais adesões nos cinco continentes. Trata-se de um manifesto/reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos grandes centros urbanos, e um convite ao uso de meios de transporte sustentáveis – entre os quais se destaca a bicicleta.

Bicicleta: uma boa alternativa para a melhora do trânsito

A bicicleta é um excelente meio de transporte, sobretudo para pequenas distâncias. Leva seu condutor de porta a porta, permite a prática de uma atividade física simultânea ao deslocamento, tem custo baixíssimo e é minimamente afetada por engarrafamentos. A atual tecnologia de marchas permite a circulação por ruas inclinadas com relativa facilidade. 

Porém, a nossa infra-estrutura para o uso da bicicleta como meio de transporte é precária. Há pouquíssimos bicicletários e paraciclos, poucas empresas dispõem de vestiários para incentivar seus funcionários a ir de bicicleta para o trabalho, as ciclovias são quase inexistentes e as que existem são pouco estratégicas, o trânsito é hostil aos ciclistas. É com a intenção de procurar reverter esse quadro que todos devem participar do Dia Mundial Sem Carro.

Automóveis: problemas causados pelo uso massivo

Os malefícios causados pelo uso de automóveis são inúmeros e evidentes: poluição atmosférica, efeito estufa, poluição sonora, congestionamentos, doenças respiratórias, sedentarismo, irritabilidade, perda de tempo, consumo de combustíveis fósseis, acidentes, comprometimento de grande parte da renda das pessoas.

Além disso, as viagens de carro degradam a relação dos indivíduos com o espaço público, transformando a rua em um indesejável obstáculo a ser superado no deslocamento de um ponto a outro. Elas também significam um uso desproporcional das ruas, já que a imensa maioria dos carros leva apenas uma pessoa – o que é ainda mais grave em áreas densamente povoadas.

Por fim, o automóvel é um meio de transporte não universalizável, já que seria impensável a existência de um carro por habitante no mundo.

Vamos acabar com a ideia de que o brasiliense é um ser formado por cabeça, tronco e rodas!

veiculonopoluente

(Fonte: mountain bike bh)