Arquivo da tag: meio ambiente

CRÍTICA AO CONSUMO SUSTENTÁVEL

oqueeconsumosustentavel_234

O Consumo Sustentável envolve a escolha de produtos que utilizaram menos recursos naturais em sua produção, que garantiram o emprego decente aos que os produziram, e que serão facilmente reaproveitados ou reciclados. Significa comprar aquilo que é realmente necessário, estendendo a vida útil dos produtos tanto quanto possível. Consumimos de maneira sustentável quando nossas escolhas de compra são conscientes, responsáveis, com a compreensão de que terão consequências ambientais e sociais – positivas ou negativas.

110901_quando-crescer

O vídeo abaixo faz uma crítica ao consumo sustável e descreve todas as etapas e pensamentos que devem ser utilizados pela população na hora de pensar e consumir sustentável. O que se vê hoje como consumo sustentável ainda não está nem perto de uma vida harmoniosa com a economia, meio ambiente e sociedade. Temos que avançar nesse sentido

Anúncios

Sustentabilidade para o Dia do Planeta

eco

O dia 22/04 é o DIA DO PLANETA!!

Para lembrar a data vamos compartilhar uma pequena versão adaptada sobre o vídeo “História das Coisas”, grande sucesso demonstra a ação do homem em relação ao planeta, meio de produção e consumo.

Você sabia que se todos nós consumíssemos como a sociedade americana teríamos que ter cinco planetas como o nosso para suprir a demanda de matéria prima? Realmente temos que repensar !!! Hoje é uma data de reflexão.

A todos que se interessam na área ambiental fica o convite para estudar Gestão Ambiental Icesp Promove ou estudar Pós graduação em Perícia Ambiental Pós-graduação Icesp Promove (Início imediato – Inscrições Abertas Turma X na secretaria). Venha estudar no melhor curso de meio ambiente do Distrito Federal.

Pensem em Sustentabilidade, pois ações assim podem salvar nosso Planeta e todos seus indivíduos. Assistam ao vídeo!!!

Essas ações vão ao encontro do que a ONU divulgou no dia do Planeta Terra. Veja matéria em http://migre.me/pJrTy

CURSO DE EXTENSÃO EM PERÍCIA AMBIENTAL

 

Verde_Capital

O projeto VERDE CAPITAL em parceria com a Empresa Solucionare Comunicação e Treinamentos e apoio do curso de Graduação em Gestão Ambiental e Pós em Gestão e Perícia Ambiental ICESP Promove oferece o 1o curso de Extensão em Perícia Ambiental em Brasília na unidade Guará na sala 301 do bloco II no 3o andar entre os dias 02/02 a 6/02 com preparação para aula de campo em 12/02 e aula de campo em 14/02 para todos os alunos, ex alunos dos cursos de Graduação e Pós Graduação da faculdade, além do público externo que se interessar. O melhor de tudo é que o curso será sem custo a alunos, ex alunos da IES e para o público externo.

O limite de vagas é de 30 alunos. Para interessados externos da faculdade é preciso enviar um email  até às 16hs de cada dia para coord.gestaoambiental@unicesp.edu.br e receber sua confirmação.

Em anexo o programa do curso e a 1o aula a ser ministrada.

Um grande abraço e sucesso a todos interessados!!

Equipe Verde Capital

Extensão em Perícia Ambiental -2015 -FINAL

DIA DO CERRADO

No mês de setembro (11/09) comemoramos do DIA do Cerrado. Mas será que temos mesmo motivo para comemorar? O professor Bernardo Verano, Mestre em Saúde Ambiental e Coordenador de Gestão Ambiental das Faculdades Icesp Promove de Brasília, vai falar um pouco sobre esse bioma tão espetacular e tão ameaçado.

Acesse o vídeo:

Dia Mundial da Biodiversidade e a proteção da fauna brasileira

As Nações Unidas (ONU), comemoram, neste 22 de maio, o Dia Internacional da Biodiversidade, que tem como tema a proteção da fauna brasileira. A data foi instituída em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar as pessoas sobre a necessidade de se conservar e proteger a diversidade de vida no planeta. Nesta data, foi aprovado o texto final da Convenção da Diversidade Biológica (CDB), assinado dias depois pelo Brasil e vários outros países durante a Rio-92, Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida também como Eco-92 ou Cúpula da Terra.

biodiversidade

Atualmente, existem no Brasil mais de 120 mil espécies de animais e 40 mil de plantas. Entre os vertebrados, são 713 espécies de mamíferos, 1.900 de aves, 738 de répteis, 934 de anfíbios, 4.774 de peixes e outras 100 mil de animais invertebrados e o ICMBio é o órgão do Governo Federal responsável por cuidar da biodiversidade no Brasil.

Continuar lendo Dia Mundial da Biodiversidade e a proteção da fauna brasileira

Meio ambiente por inteiro – Poluição Visual

Tudo o que foge do padrão urbanístico de uma paisagem pode ser considerado poluição visual. Nas grandes cidades, é comum encontrar faixas, cartazes, placas, outdoors, front lights – recursos publicitários que, em alguns casos, provocam transtornos, principalmente aos motoristas, que podem prestar mais atenção ao anúncio do que ao trânsito. A produção descontrolada desse tipo de propaganda também contribui para a sujeira nas cidades e para aumentar o estresse das pessoas. Para discutir o assunto, o programa Meio Ambiente por Inteiro recebe o procurador de Justiça Plínio Gentil e o mestre em Saúde Ambiental e professor Bernardo Verano.

Mercado aberto para gestores ambientais. Salários podem chegar a R$ 8 mil

Meio ambiente abre mercado para gestores ambientais, responsáveis por desenvolver e gerenciar projetos sustentáveis. Salários podem chegar a R$ 8 mil

verde-630

Priscila Mendes

Da equipe do Correio

É o fim do salve-se quem puder. Pelo menos na área ambiental. O que antes era visto como custo pelas grandes empresas passou a ocupar lugar estratégico. Seja por força da legislação, exigência dos consumidores ou em função dos desastres ambientais, os empresários perceberam que a responsabilidade ambiental é um bom negócio para todos. Incorporar esse princípio na estratégia de desenvolvimento de produtos e processos virou sinônimo de lucro. Afinal, garante a própria sobrevivência no setor, preserva a natureza, cria empregos e ainda abre novos campos de atuação.

Continuar lendo Mercado aberto para gestores ambientais. Salários podem chegar a R$ 8 mil

Votação do Código Florestal 2011

Todos os partidos da base aliada tiveram dissidentes que levaram o governo Dilma Rousseff a sofrer, na noite da última terça-feira (24), sua primeira derrota na Câmara. Por 273 votos a favor, 182 contra e duas abstenções, a Câmara aprovou a inclusão no Código Florestal de concessão de anistia aos produtores que desmataram APPs (Áreas de Preservação Permanente) às margens dos rios e encostas até 2008.

As maiores defecções na base ocorreram no PMDB, PSC e PC do B. Mas até o PT apresentou uma dissidência: o deputado Taumaturgo Lima, do Acre, que votou contra a orientação do Planalto. A bancada do PT deu, no entanto, uma demonstração grande de fidelidade à presidente Dilma: 78 deputados votaram contra a emenda que dá anistia aos desmatadores. Oito petistas estavam ausentes da votação.

No PMDB, a situação foi inversa a do PT: 98,63% dos peemedebistas, o correspondente a 72 deputados, votaram contra o governo. Apenas o deputado Camilo Cola (PMDB-ES) votou com o Planalto – seis peemedebistas faltaram à votação. Para aprovar a emenda, o líder do partido, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), fez um discurso contundente e pediu que a bancada votasse a favor da proposta, apesar dos apelos dos ministros para derrubar a emenda apresentada pelo PMDB e apoiada pela maioria dos partidos da base aliada.

No PSC, 15 deputados votaram contra o governo e apenas o deputado Deley (RJ) votou com o Planalto. Partido do relator do Código Florestal, deputado Aldo Rebelo (SP), o PCdoB votou em peso com a emenda apoiada pelos ruralistas. Foram 12 votos a favor da proposta, incluindo o voto de Aldo Rebelo, e apenas um contra. A pressão feita pelo Planalto para que a emenda fosse derrubada não surtiu efeito também nos demais partidos governistas. Até mesmo o PSB, que decidiu seguir a orientação do governo, apresentou sete dissidências. Outros 22 deputados socialistas votaram com o governo.

O PR, que liberou a bancada na votação, ficou dividido: 16 deputados votaram com o governo e outros 16 contra. Apesar dos apelos do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, o PDT apresentou nove dissidências.

Fonte: R7

Para saber como seu deputado votou acesse o link:

http://www.observatorioeco.com.br/veja-o-voto-de-cada-deputado-na-aprovacao-do-codigo-florestal/

O Código Florestal da forma em que foi aprovado significa a perda de um grande potencial social e econômico, desde que bem explorado e estudado, o meio ambiente.

Momento Ambiental Consumo Consciente com Prof. Bernardo Verano

 

A TV Cultura produz um programa chamado Momento Ambiental que vai ao ar na TV Justiça.

O programa teve como um de seus temas o Consumo Consciente e para explicar melhor esse assunto o consultor professor Bernardo Verano foi convidado pela produção a participar desse episódio.

De acordo com o prof. Bernardo o  consumidor consciente busca o equilíbrio entre a sua satisfação pessoal e a  sustentabilidade, maximizando as conseqüências positivas deste ato não só para si mesmo, mas também para as relações sociais, a economia e a natureza. O consumidor consciente também busca disseminar o conceito e a prática do consumo consciente, fazendo com que pequenos gestos realizados por um número muito grande de pessoas promovam grandes transformações.

O consumo consciente pode ser praticado no dia-a-dia, por meio de gestos simples que levem em conta os impactos da compra, uso ou descarte de produtos ou serviços, ou pela escolha das empresas da qual comprar, em função de seu compromisso com o desenvolvimento sócio-ambiental. Assim, o consumo consciente é uma contribuição voluntária, cotidiana e solidária para garantir a sustentabilidade da vida no planeta.

Confira o vídeo abaixo:

Seguem algumas dicas práticas de sustentabilidade da equipe do Verde Capital:

Feche a torneira ao escovar os dentes e ajude uma criança
Um em cada dez brasileiros bebe água sem qualquer tratamento. A falta de saneamento provoca doenças que matam 15 crianças no país todos os dias.Cada vez que você e mais seis amigos fecharem a torneira ao escovar os dentes, vão economizar 122 litros de água tratada. É o suficiente para atender as necessidades diárias de uma criança.

Esqueça o esguicho quando varrer a calçada e encha meia caixa d’água
Quando você for varrer o quintal, lembre-se de que a sua cota individual de água é pequena. Use a vassoura e não a mangueira. Cada vez que fizer isto, você estará economizando em média 280 litros de água, o suficiente para encher meia caixa d’água doméstica.

Cuidado com os pequenos gastos
Muito cuidado com os pequenos gastos: o dinheiro que usamos todo dia em despesas que parecem pequenas, ao final de um ano poderia pagar uma viagem de férias, ou fazer uma bela diferença na sua poupança.

Recuse embalagens desnecessárias e reduza a montanha de lixo
O Brasil recicla 17,5% do plástico rígido. O resto acaba no lixo, onde leva mais de 400 anos para se degradar. Se for depositado a céu aberto, o que acontece com 30% do lixo produzido no Brasil, o plástico dificulta a compactação e prejudica a decomposição dos materiais degradáveis. Por isso, prefira levar sua própria sacola quando for fazer compras.

Não compre produtos piratas ou contrabandeados
Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência.

Não desperdice alimentos e contribua com a diminuição da fome e do lixo
O Brasil desperdiça 14 milhões de toneladas de alimentos por ano. Entre o campo e a mesa, as perdas chegam a 60% de toda a produção. Dentro de casa, calcula-se que uma família de classe média desperdice, por dia, 500 gramas de comida. Se 500 mil famílias planejarem suas compras e reduzirem pela metade a quantidade de alimentos que jogam fora, 45 mil toneladas de comida deixarão de ir para o lixo a cada ano, o suficiente para alimentar 250 mil pessoas pelo mesmo período. Use a criatividade e reaproveite cascas, sementes, e outras sobras de primeira qualidade

Usar o Twitter pode ajudar o meio ambiente

Verd.in

Por Débora Spitzcovsky

Reduzir links imensos virou mania na internet, graças ao famoso limite de 140 caracteres do Twitter. E, na busca por oferecer aos internautas um diferencial, o encurtador de URLs Verd.In fez uma promessa a todos os seus usuários: a cada mil links que forem reduzidos pelo encurtador, a equipe do site plantará uma árvore.

O plantio, assim como outras informações sobre preservação e recuperação ambiental, é divulgado no blog do Verd.In. A intenção da equipe é provar aos internautas que a promessa está sendo cumprida e, ainda, incentivar cada um deles a se engajar, o máximo possível, em projetos ambientais.

Por enquanto, o site já encurtou mais de 37 mil URLs e, por isso, plantou 37 árvores. Na home do Verd.In, além de reduzir links, é possível acompanhar a quantidade de “encurtamentos” que ainda precisam ser feitos para o plantio da próxima árvore.

Há quem ache que plantar uma muda a cada mil URLs encurtadas é muito pouco e há quem defenda a ideia de que é uma boa iniciativa simbólica, para despertar o interesse das pessoas para as questões ambientais. Qual a sua opinião?  

*Verd.In

Da equipe Verde Capital: Vale conferir!!!